As contribuições do processo educativo escolar para ressocialização do homem privado de liberdade na unidade prisional de Iporá-GO no Período 2014-2016 no Estado de Goiás, Brasil.

Agda Aparecida Rabelo Ferreira

RESUMO

Este estudo visou a demostrar a importância da questão educativa na unidade prisional que busca superar o contraditório entre a necessidade de punir e os caminhos que possam conduzir à reintegração futura do aprisionado. Diante disso, a pesquisa teve como objetivo refletir sobre a relação professor-aluno e entre os processos de educação e ressocialização dentro do sistema prisional, com os apenados que se encontram em regime fechado. A fim de se alcançar o objetivo proposto, a metodologia adotada fundamentou-se em uma revisão de literatura e estudo de caso realizado por meio de entrevistas com professores do CEJA, Dom Bosco. Pretendeu-se também, nesta investigação, contribuir para uma reflexão, no que se refere à possibilidade de aprimorar a capacidade de aprender dos alunos, além de gerenciar subsídios para aperfeiçoar as práticas avaliativas docentes efetivadas na educação de jovens e adultos encarcerados. Pode se observar e constatar que o acesso ao conhecimento possibilita ao educando tornar-se responsável por sua descoberta, bem como, tornar-se construtor do próprio conhecimento. Concluiu-se que a educação prisional, no contexto do Centro de Educação de Jovens Dom Bosco e Unidade Prisional, é entendida pelos professores como oportunidades para o aluno participar ativamente na construção de sua aprendizagem, relacionando práticas pedagógicas com a aquisição do conhecimento em processo contínuo.

PALAVRAS-CHAVE: Educação de jovens e adultos. Educação prisional. Ressocialização.

ABSTRACT

This study aims to show the importance of the issue of education in prison gear to overcome the contradiction between the need to punish and pathways that may lead to future reintegration aprisionado. Diante also aims to reflect on the teacher-student relationship on processes of education and rehabilitation within the prison system, with inmates who are in closed regime. In order to achieve the proposed objective, the methodology adopted was based on a literature review and case study conducted through interviews with teachers CEJA, Don Bosco. It was intended in this research also contribute to a reflection, as regards the possibility of improving the students’ ability to learn, besides, managing grants to improve assessment practices in education professors effect of incarcerated youth and adults. You can observe and verify that access to knowledge enables the student to become responsible for their discovery as well, becoming builders of knowledge. It was concluded that prison education in the context of the Education Center and Don Bosco Youth Prison Unit is perceived by teachers as opportunities for students to actively participate in the construction of their learning, teaching practices relating to the acquisition of knowledge in a continuous process.

KEYWORDS: Youth and adults. Prison education. resocialization.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *