PLANEJAMENTO EDUCACIONAL CONTEXTUALIZADO: ferramenta de aprendizado para alunos da comunidade quilombola do Mimbó

Conceição de Maria Carvalho Mendes [1]

Jane Cris de Lima Cunha [2]

RESUMO

Este artigo intitulado Atendimento Educacional Especializado (AEE): A Inclusão Escolar de Alunos Surdos em uma escola municipal de Teresina, norte baiano, tem como objetivo geral analisar como se processa a inclusão e a aprendizagem dos alunos surdos em uma escola municipal de Teresina. E tendo como objetivos específicos: preparar os professores e a escola para efetivar a inclusão adequada; elaborar o Projeto Político Pedagógico (PPP) com projetos que envolva a língua brasileira de sinais; trabalhar a Língua de Sinais (Libras) não só com os alunos surdos, mas com todos os alunos da escola, como forma de envolver a comunidade escolar e alcançar um bom resultado na comunicação dos surdos; Envolver os alunos surdos em todas as atividades atribuídas aos demais alunos com a segurança de que está ocorrendo comunicação entre todos e impedindo que ocorra sentimento de inferiorização na comunidade surda e que atenda as especificidades dos mesmos. Nesta pesquisa foi utilizada a metodologia quantiqualitativa e descritiva pelos meios de observação, acompanhamento diário na sala de aula e questionários trazendo indagações específicas contribuindo para um diálogo entre as partes. Eles foram atribuídos aos professores efetivos, direção da escola. A pesquisa foi embasada nas leis que amparam a educação brasileira, nas ideias de Rosita Edler Carvalho, Maria Tereza Eglér Mantoan, Paulo Freire, Declaração de Salamanca entre outros. Na realização desta pesquisa constatou-se que para a escola se tornar inclusiva são necessárias reflexões entre os responsáveis pela educação buscando o cumprimento das leis e a remoção de barreiras com um único objetivo: ensinar a todos sem discriminação.

PALAVRAS-CHAVE: Planejamento educacional contextualizado; Comunidade quilombola do Mimbó; Aprendizagem.

ABSTRACT

Understanding how pedagogical practice and school planning are organized in the educational landscape is a relevant factor in the development of meaningful learning. Thus, this work promotes reflections regarding the importance of using contextualized planning and pedagogical practice, highlighting the importance of both to promote greater integration of school content with the local reality and culture. The present study is a qualitative research, with descriptive analysis, whose objective is to analyze the way educational planning is organized in the quilombola community of Mimbó, aiming to promote more effective learning and the rescue of everything that belongs to these people. To this end, a field research was carried out, using documents, photographs, footage, questionnaires and interviews with the subjects of this research, who are the teachers and students of that school, as well as their relatives, as instruments of data collection. According to initial surveys in loco and bibliographic survey based on the ideas of authors such as Batista (2010), Maximiliano (2014), Gil (2008), Haydt (2006), Prodanov (2013) it was observed that the pedagogical practice used in the researched school is traditional and globalized, which makes it difficult for students from the quilombola community of Mimbó to learn. In addition, it was noted that there are great difficulties in the teaching and learning process of the school in question, such as the fact that it is multiserial, serving students from the 1st to the 5th year in the same room and at the same time, which makes adequate monitoring unfeasible. of the same; the use of planning and teaching materials not contextualized with the local reality causes a very large learning deficit, especially with regard to reading and writing, among other contents and activities, highlighting the urgent need to review and modify the pedagogical practice of the school in focus.

KEYWORDS: Contextualized educational planning; Quilombola community of Mimbó; Learning.


[1] Professora doutora em Administração pela UNINTER. Professora Mestre em Administração pela Universidade Federal da Paraíba. Professora do quadro efetivo da Universidade Estadual do Piauí. email: mendesconceicao628@gmail.com.

[2] Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (1998), Especialização em Gestão de Sistemas Locais de Saúde pela Escola de Saúde Pública do Ceará (2001), Mestrado em Saúde Pública pela Universidade Estadual do Ceará (2005), Aperfeiçoamento em Epidemiologia para Gestores de Saúde pela Johns Hopkins University/MS (2006/2007) e Doutorado em Saúde Coletiva Associação Ampla UECE/UFC/UNIFOR (2014). Atualmente é responsável técnica pelo Programa de Vigilância e Controle das Leishmanioses do Estado do Ceará.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *