DESVIOS POSTURAIS E TIPO TRATAMENTO CLÍNICO VERSUS CIRÚRGICO EM PESSOAS ADULTAS

Dácio Augusto Moreira da Silva [1]

Carla de Andrade Vitorino[2]

Resumo

Os desvios posturais são considerados um problema da atualidade, trazendo prejuízos aos indivíduos acometidos e ao sistema de saúde. É mais prevalente na população adulta, economicamente ativa, sendo considerada a maior causa de afastamento do trabalho. Dessa forma, os desvios posturais causam importante absenteísmo e prejuízo econômico, gerando morbidade e incapacidade quando não corretamente diagnosticados e tratados. Diante disso, o presente estudo teve como objetivo ampliar os conhecimentos através de revisão de artigos atualizados relacionados aos tipos de alterações e tratamento nos desvios posturais. Foi realizada uma revisão exploratória da literatura através de jornais e periódicos indexados em diversos sites e bases de dados científicas. Os resultados obtidos nos mostraram a necessidade de se entender os novos hábitos de vida que levam a essas alterações posturais. A boa avaliação e conduta terapêutica são essenciais para a resolução dos sintomas e incapacidades gerados pelos desvios posturais. Deve-se considerar a idade do paciente, o histórico pessoal de doenças prévias e comorbidades para realizar os diversos tipos de procedimentos invasivos, com a finalidade de evitar mais danos à saúde e não dar falsas expectativas de eficácia do tratamento, sejam estes clínicos ou cirúrgicos. Assim, concluiu-se que é necessário atualizar os conhecimentos pelos profissionais de saúde a respeito das técnicas de prevenção, tratamento e reabilitação em desvios posturais.

Palavras-chave

hipercifose; hiperlordose; escoliose; cirurgias; artrodeses.

Abstract

The postural changes are considered a problem of the present time, bringing damages to affected individuals, and to the health system. It is more prevalent in the economically active adult population and is considered to be the major cause of withdrawal from work. In this way, postural deviations cause significant absenteeism and economic loss, generating morbidity and disability when not properly diagnosed and treated. Therefore, the present article had the objective of increase knowledge through review of updated articles related to the types of changes and treatment in postural deviations. A exploratory literature review was carried out through journals and periodicals indexed in various sites and scientific bases. The results showed us the need to understand the new habits of life that lead to these postural changes. Good evaluation and therapeutic conduct is essential for the resolution of the symptoms and disabilities generated by postural deviations. Consideration should be given to the age of the patient to perform the various types of invasive procedures and the personal history of prior diseases and comorbidities. Therefore, avoiding further damage to health and not giving false expectations of treatment efficacy be these clinical or surgical. Thus, it is necessary to update the knowledge by the health professionals regarding the techniques of prevention, treatment and rehabilitation in postural deviations.

Keywords

hyperkinesis; hyperlordosis; scoliosis; surgeries; arthrodesis.

Texto completo


[1] Fisioterapeuta da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso-MT, Brasil. Especialista em: administração de saúde pública, administração hospitalar, acupuntura, reeducação postural global (RPG), Mestrando em saúde pública.

[2] Bióloga, Mestre e Doutora em Ecologia e Conservação pela Universidade Federal de Mato Grosso. Instituto de Ensino Superior do Araguaia, Pontal do Araguaia, Mato Grosso, Brasil.