A EDUCAÇÃO DE DEFICIENTES – EDUCAÇÃO ESPECIAL

                                          Robson Ari da Costa [1]

RESUMO

A sociedade brasileira e, também, a mundial apresentam-se em mudança, levando suas organizações e instituições a alterarem-se e adaptarem-se constantemente. Neste rumo, este artigo procura dar os principais conceitos e definições da Educação de Deficientes, Educação Especial e Inclusão, mostrando suas relações e interpenetração espacial e conceitual, com suas nuances históricas. Eis que a educação é dinâmica em suas concepções e atuação, possibilitando, a partir do presente, lançar um olhar para o futuro. O estudo descreve uma sequência concatenada de acontecimentos que influenciaram o desenvolvimento deste ensino e mostram a espinha dorsal da evolução da Educação diferencial. Concluiu-se que a inclusão, como princípio, pode levar ao avanço da Educação Especial pela constituição de classes de diversidade.

PALAVRAS-CHAVE: Deficiência. Concepções. Educação Especial. Inclusão.

THE EDUCATION OF DISABLED – SPECIAL EDUCATION

ABSTRACT

Brazilian (and world) society is changing, leading its organizations and institutions to constantly change and adapt. In this direction, this article seeks to give the main concepts and definitions of Education for the Disabled, Special Education and Inclusion, showing its relations and spatial and conceptual convergence, with its historical nuances, as education is dynamic in its conceptions and performance, enabling from the present, look to the future. It describes a concatenated sequence of events that influenced the development of this teaching and shows the backbone of the evolution of Differential Education. Inclusion as a principle can lead to the advancement of Special Education through the constitution of diversity classes.

KEYWORDS: Disability. Conceptions. Special education. Inclusion.

LA EDUCACIÓN DEL DISCAPACITADO – EDUCACIÓN ESPECIAL

RESUMEN

La sociedad brasileña (y mundial) está cambiando, llevando a sus organizaciones e instituciones a cambiar y adaptarse constantemente. En esta dirección, este artículo busca dar los principales conceptos y definiciones de Educación para Discapacitados, Educación Especial e Inclusión, mostrando sus relaciones e interpenetración espacial y conceptual, con sus matices históricos, ya que la educación es dinámica en sus concepciones y acción, posibilitando desde el presente, mirar hacia el futuro. Describe una secuencia concatenada de eventos que influyeron en el desarrollo de esta enseñanza y muestra la columna vertebral de la evolución de la Educación Diferencial. La inclusión como principio puede conducir al avance de la Educación Especial a través de la constitución de clases de diversidad.

PALABRAS CLAVE: Discapacidad. Concepción. Educación especial. Inclusión.


[1] Mestrando em Educação pela Universidade Tuiuti do Paraná. Curitiba – Brasil.

DIDÁTICA DA GEOGRAFIA: concepções do ensino da Geografia dos professores III ciclo do Ensino Fundamental II

Vitoriana Morinigo

RESUMO

Esta dissertação é o resultado de pesquisa realizada com foco em didática em sala de aula na disciplina de Geografia e foi desenvolvida a partir do tema Didática e geografia: concepções dos professores do III ciclo do ensino fundamental II das EE. Mario Spinelli e São José do município de Pontes e Lacera no estado de Mato Grosso. Optou-se por utilizar os instrumentos de pesquisa – observação e questionário semiestruturado, aplicado a 4 professores de Geografia, sendo dois de cada escola estadual. Esta investigação foi guiada pelos objetivos de identificar as concepções dos professores sobre a didática e o ensino da Geografia, caracterizar as estratégias didáticas do professor em sala de aula. Para além, foi feita análise sobre as questões relacionadas ao ensino/aprendizagem, conceitos geográficos, didática e Geografia em sala de aula, mediante os princípios das políticas públicas curriculares do ensino de Geografia do estado de MT. A concepções sobre a didática e Geografia, na prática docente em sala de aula, foi fundamentada em Milton Santos, Willian Vesentini, Lana de Souza Cavalcanti, Sonia Castellar e Jerusa Vilhena, Antonio Carlos Robert Morais, Paulo Freire, Antoni Zabala, Danilo Gandin, Vasco Pedro Moretto, Jose Carlos Libâneo, e outros. Os resultados obtidos nos permitem entender que a didática, na ação docente, é um dos elementos essenciais no ensino/aprendizagem dos estudantes por ser uma ação intencional. Para tanto, o uso de diferentes metodologias de ensino nas aulas da educação geográfica contribui para um conhecimento sistematizado. Nesse sentido, esta pesquisa pode contribuir como referencial para futuros trabalhos, bem como, subsidiar as ações/reflexões, vistas a adequação ou readequação das práticas pedagógicas docentes no ensino de Geografia.

PALAVRAS-CHAVE: Didática. Geografia.  Concepções. Prática docente.

ABSTRACT

This dissertation is the result of research conducted focusing on didactics in the classroom in the discipline of Geography and was developed from the theme Didactics and geography: conceptions of teachers of the III cycle of elementary school II of EE. Mario Spinelli and São José from the municipality of Pontes and Lacera in the state of Mato Grosso. We chose to use the research instruments – observation and semi-structured questionnaire, applied to 4 geography teachers, two from each state school. This investigation was guided by the objectives of identifying teachers’ conceptions about didactics and teaching geography, characterizing the teacher’s didactic strategies in the classroom. In addition, an analysis was made on the issues related to teaching/learning, geographical concepts, didactics and geography in the classroom, through the principles of public curriculum policies of the teaching of Geography of the State of MT. The conceptions about didactics and geography in practice teacher in the classroom, was based on Milton Santos, Willian Vesentini, Lana de Souza Cavalcanti, Sonia Castellar and Jerusa Vilhena, Antonio Carlos Robert Morais, Paulo Freire, Antoni Zabala, Danilo Gandin, Vasco Pedro Moretto, Jose Carlos Libâneo, and others. The results obtained allow us to understand that didactics, in the teaching action, is one of the essential elements in the teaching/learning of students because it is an intentional action. To this end, the use of different teaching methodologies in geographic education classes contributes to a systematized knowledge. In this sense, this research can contribute as a reference for future work, as well as to support actions/reflections, with views on the adequacy or readjustment of teaching pedagogical practices in geography teaching.

KEYWORDS: Didactic– Geography –  Conception- Practice teacher.