A CONTRIBUIÇÃO DA MÚSICA NO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

                                          Sônia Maria Gomes Araújo[1]

RESUMO

A música é inserida nas práticas cotidianas das crianças no contexto escolar; portanto, é preciso compreendê-la a partir das políticas públicas atuais voltadas para a educação infantil e analisar as suas contribuições para a formação cognitiva dos alunos. Para alcançar os objetivos propostos e responder às perguntas de pesquisa, a metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica para fundamentar as ideias discutidas. Verificou-se que, na educação infantil, a música tem papel fundamental na aprendizagem da criança, pois é nessa fase que ela vai se desenvolver em vários aspectos da sua vida. Assim, cabe à escola proporcionar um ambiente para que esse desenvolvimento seja pleno e possível. Por isso, é importante destacar os dispositivos pedagógicos na educação infantil para se tornar um ambiente favorável ao aprendizado da criança, visando trabalhar o lúdico e a adaptação ao ambiente escolar. Os resultados mostraram que a música contribui para o desenvolvimento da criança na educação infantil, pois ela tem o poder de acalmar e disciplinar a criança, facilitando a aprendizagem e contribuindo para um ambiente escolar alegre e favorável à formação integral do indivíduo, bem como promove a sociabilidade e a expressividade.

PALAVRAS-CHAVE: Música. Educação. Contribuição. Desenvolvimento.

THE MUSIC CONTRIBUTION IN DEVELOPMENT OF CHILDREN IN ERLY CHILDHOOD EDUCATION

ABSTRACT

Music is inserted in the daily practices of children in the school context; therefore, it is necessary to understand it from the current public policies aimed at early childhood education and analyze its contributions to the cognitive formation of students. To achieve the proposed objectives and answer the research questions, the methodology used was the bibliographical research to support the discussed ideas. It was found that, in early childhood education, music plays a fundamental role in children’s learning, as it is at this stage that they will develop in various aspects of their lives. Thus, it is up to the school to provide an environment for this development to be full and possible. Therefore, it is important to highlight the pedagogical devices in early childhood education to become a favorable environment for children’s learning, aiming to work with play and adaptation to the school environment. The results showed that music contributes to the child’s development in early childhood education, as it has the power to calm and discipline the child, facilitating learning and contributing to a cheerful school environment favorable to the individual’s integral education, as well as promoting it. sociability and expressiveness.

KEYWORDS: Music. Education. Contribution. Development.

LA CONTRIBUCIÓN DE LA MÚSICA AL DESARROLLO INFANTIL EN LA EDUCACIÓN INFANTIL

RESUMEN

La música se inserta en las practices cotidianas de los niños en el contexto escolar; por tanto, es necesario comprenderlo desde las políticas públicas vigentes orientadas a la educación infantil y analizar sus aportes a la formación cognitiva de los estudiantes. Para lograr los objetivos propuestos y dar respuesta a las preguntas de investigación, la metodología utilizada fue la búsqueda bibliográfica para sustentar las ideas discutidas. Se constató que, en la educación infantil, la música juega un papel fundamental en el aprendizaje de los niños, ya que es en esta etapa en la que se desarrollarán en diversos aspectos de su vida. Por lo tanto, corresponde a la escuela proporcionar un entorno para que este desarrollo sea pleno y posible. Por ello, es importante destacar los dispositivos pedagógicos en la educación infantil para convertirse en un entorno propicio para el aprendizaje de los niños, con el objetivo de trabajar con el juego y la adaptación al entorno escolar. Los resultados mostraron que la música contribuye al desarrollo del niño en la educación infantil, ya que tiene el poder de calmar y disciplinar al niño, facilitando el aprendizaje y contribuyendo a un ambiente escolar alegre propicio para la educación integral del individuo, además de promover la sociabilidad y expresividad.

PALABRAS CLAVE: Música. Educación. Contribución. Desarrollo.


[1] Possui graduação em Pedagogia e História. Pós graduação em História do Brasil e Região, Psicopedagogia, Educação Inclusiva com Ênfase no atendimento Educacional especializado (AEE), Língua Brasileira de Sinais com Ênfase no Bilinguismo, Educação Infantil, Alfabetização e Letramento, Neuropedagogia Aplicada a Educação. Mestre em Ciências da Educação. Atuação, professora convidada Faculdade de Anicuns e Escola Municipal Ovídio José Alves. Orcid:https//ocird.org/0000-003-1811-624X. E-mail: soniamaria2014525@gmail.com.

POR UMA PEDAGOGIA COM MAIS AFETIVIDADE

                                          Gilvone Furtado Miguel[1]

RESUMO

Esse artigo coloca em discussão a formação integral da criança no ambiente escolar, fundamentando-se nas contribuições de Wallon, Piaget e Vygotsky. Os aspectos do desenvolvimento integral se estabelecem nas relações de interação entre o motor, o cognitivo e o afetivo. Também se considera os aspectos citados na atuação da professora na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, etapas que agregam a criança nas fases de formação do eu. Essa produção visa a atualização pedagógica e se destina aos educadores em geral.

PALAVRAS-CHAVE: Desenvolvimento, motor, cognitivo, afetivo, indisciplina.

ABSTRACT

This article puts into discussion the integral formation of the child in the school environment, noting the contributions of Wallon, Piaget and Vygotsky. Aspects of the comprehensive development of relations established interaction between the engine, the cognitive and the emotional. Also considers the aspects mentioned in the performance of the teacher in early childhood education and elementary education, steps that add the child at the stage of formation of the I. This production aims to update educational and intended for educators in General.

KEYWORDS: Development, motor, cognitive, affective, indiscipline.


[1] Dra em Letras e Linguística/Estudos Literários pela UFG-2007; Mestre em Letras e Linguística/Estudos Literários pela UFG-2001; Pós-graduada em Ciências Sociais Aplicadas à Educação pela FGV/UFMT. Docente Pesquisadora Associada da UFMT/CUA.

DESENHO OU RABISCOS: uma maneira de aprender mais sobre o desenvolvimento infantil

Nilda Jaqueline Rodrigues de Oliveira[1]

Gilvone Furtado Miguel[2]

Resumo

Este artigo tem como objetivo geral discutir a importância do reconhecimento e incentivo aos desenhos infantis como indispensável recurso nas diferentes áreas de desenvolvimento da criança. Embasou-se essa pesquisa em teóricos como: Greig (2004), Lowenfeld (2007), Luquet (2010), Pillar (2006), e outros na realização de um estudo bibliográfico, descritivo e com método qualitativo. A pesquisa proporcionou conhecimentos sobre cada fase de desenvolvimento das crianças em relação aos seus primeiros rabiscos que, paulatinamente, vão se transformando em desenhos e ganhando significados. O estudo apontou que o desenho é uma atividade motora espontânea, que contribui para a formação da personalidade, pois quando uma criança domina o movimento e controla o desenho, desenvolve seu psicológico, sua parte motora, a intelectual e a afetividade, assim como sua imaginação. O desenho constitui um processo através do qual a criança reúne diversos elementos de sua experiência para formar um conjunto com um novo significado de aprendizagem.

Palavras-chave

Desenho. Rabiscos. Criança. Desenvolvimento. Aprendizagem.

Abstract

This article has as a general objective the importance of recognizing and encouraging children’s drawings in the different areas of child development. It was based on theories such as Greig (2004), Lowenfeld (2007), Luquet (2010), Pillar (2006), and others, who through a bibliographic, descriptive and qualitative study provided knowledge about each phase developed by children in relation to its first scribbles, which gradually becomes drawings and gaining meanings. The study pointed out that drawing is a spontaneous motor activity, which contributes to the formation of personality when a child dominates the movement and controls the drawing develops its psychological, motor, intellectual and affectivity, as well as its imagination, so they play vital role in the training of children. Drawing is a process through which the child gathers various elements of his experience to form a whole with a new meaning.

Keywords

Drawing. Scribbles. Kid. Development. Learning.

Texto completo


[1] Licenciatura Plena em Pedagogia, Pós-Graduada em Psicopedagogia, Mestranda em Educação- Unades (Paraguai).

[2] Doutora em Letras e Linguística/UFG (2007).