CURRÍCULO, ENFOQUE E OBJETIVOS DA ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO BRASIL: singularidades da EJA no campo

Sebastiana Nascimento da Silva Primo [1]

RESUMO

A presente pesquisa aborda, de forma contemporânea, a concepção de Educação de Jovens e Adultos no Brasil segundo os aspectos curriculares e diretrizes expressas nos documentos normativos e orientadores nacionais, em especial, no que se refere a esta modalidade de ensino na zona rural. Para isso, alguns autores como Freire (1979; 1991; 1998), Zitkoski (2003), Adorno (2003), Marx (1987), Silveira (2007), Garcia (2008), Libâneo (2012) formam o marco teórico deste trabalho. Do ponto de vista epistemológico, esta pesquisa bibliográfica investiga a realização de uma educação que alavanque a justiça educacional e social no campo. Esta perspectiva educativa tem fundamentos históricos, entre outros aspectos culturais, nas lutas pela reforma agrária, sendo baseada em uma perspectiva político pedagógica de igual preceito, tendo em vista um modelo de desenvolvimento sustentável para o campo. O objetivo deste trabalho é refletir a respeito da educação de jovens e adultos (EJA) e a educação do campo, como âmbitos do conhecimento que mantêm diálogo e estão em construção, através da busca pela escolarização, que fortalece a luta dos moradores e trabalhadores do campo por maiores direitos, acessos, dignidade e cidadania.

PALAVRAS-CHAVE: Educação do Campo; Educação de Jovens e Adultos; Cidadania.

ABSTRACT

This research discusses, in a contemporary way, the conception of Youth and Adult Education in Brazil according to the curricular aspects and guidelines expressed in national normative and guiding documents, especially with regard to this modality of teaching in the rural area. For this, some authors such as Freire (1979; 1991; 1998), Zitkoski (2003),Adorno (2003), Marx (1987), Silveira (2007), Garcia (2008), Libâneo (2012) form the theoretical framework of this work. From an epistemological point of view, this bibliographic research investigates the realization of an education that wards educational and social justice in the field. This educational perspective has historical foundations, among other cultural aspects, in the struggles for agrarian reform, being based on a pedagogical political perspective of equal precept, in view of a model of sustainable development for the field. The objective of this work is to reflect on the education of young people and adults (EJA) and the education of the field, as areas of knowledge that maintain dialogue and are under construction, through the search for schooling, which strengthens the struggle of residents and workers in the field for greater rights, accesses, dignity and citizenship.

KEYWORDS: Field Education; Youth and Adult Education; Citizenship; citizenship.


[1] Graduação em Pedagogia – UNEMAT/2009; Graduação em Letras, FIC/2013; Especialização em Psicopedagogia Educacional, FAPAF/2011; Especialização em Gestão, Orientação e Supervisão Escolar, FAPAF/2011; Especialização Integrada á Educação de Jovens e Adultos, IFMT/2012; Mestrando em Educação, UNESA/2016; Doutorado em Educação (UDS, 2020).

A Educação Física no contexto da educação do campo: a realidade das práticas lúdicas.

Hugo Alves dos Santos

RESUMO

O tema dessa pesquisa abrange o jogo como um elemento muito importante para a disciplina de Educação Física, pois promove o desenvolvimento integral dos alunos, ajudando-os a conhecer a si mesmos e ao mundo ao seu redor. No entanto, não existe uma maneira única de pensar sobre o tema. Há diferentes opiniões entre os mais diversos autores a respeito de como trabalhar a ludicidade. A pesquisa teve como objetivo geral: analisar, sob a luz da teoria, se as atividades lúdicas na aula de Educação Física contribuem para o desenvolvimento dos alunos de forma significativa. Levantou-se como problema do estudo: quais as principais contribuições das atividades lúdicas nas aulas de Educação Física no contexto da educação do campo? Assim, por meio de uma pesquisa bibliográfica, descritiva com método qualitativo, o estudo apontou como resultado que, a construção do saber camponês não é algo pronto e acabado, está sempre em construção; o desafio maior consiste em expandi-lo por meio de experiências da cultura lúdica, pois existe uma necessidade de reestruturar conceitos, práticas e posturas didáticas quanto à construção de novos significados acerca de perspectivas das aprendizagens que envolvem a ludicidade na progressão qualitativa do desenvolvimento cognitivo nas escolas do campo.

PALAVRAS-CHAVE: lúdico, Educação Física, Educação do Campo.

RESUMEN

El juego es un elemento muy importante para la disciplina de la educación física, ya que promueve el desarrollo integral de los estudiantes, ayudándoles a conocerse a sí mismos y al mundo que los rodea. Sin embargo, no hay una única forma de pensar sobre el tema. Hay diferentes opiniones entre los autores más diversos sobre cómo trabajar en la diversión. La investigación trajo como objetivo general: analizar, a la luz de la teoría, si las actividades recreativas en la clase de educación física contribuyen al desarrollo de los estudiantes de manera significativa. Se planteó como un problema del estudio: ¿cuáles son las principales contribuciones de las actividades recreativas en las clases de educación física en el contexto de la educación rural? Por lo tanto, a través de una investigación bibliográfica, descriptiva con un método cualitativo, el estudio señaló como resultado que la construcción del conocimiento campesino no es algo listo y terminado, siempre está en construcción, el mayor desafío es expandirlo a través de las experiencias. De la cultura lúdica, ya que existe la necesidad de reestructurar conceptos, prácticas y posturas didácticas con respecto a la construcción de nuevos significados sobre las perspectivas de aprendizaje que implican la diversión en la progresión cualitativa del desarrollo cognitivo en las escuelas rurales..

PALABRAS-CLAVE: juguetón, educación física, educación de campo.