A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS – EJA: princípio educativo para a construção do conhecimento

José Geraldino Monteiro [1]

Wilma Regina de Amorim [2]

RESUMO

O presente estudo tem como objetivo refletir sobre as estratégias pedagógicas usadas na educação de jovens e adultos como meio de formação da pessoa humana. Utilizou-se da metodologia da pesquisa de revisão bibliográfica. Os referenciais utilizados foram descritos nas referências bibliográficas, sendo considerados os autores: Monteiro e Gabriel (2011); Cainelli e Tomazin (2017); Leite (2005); Freire (1983 e 2008); Stainback e Stainback (1999) e (Silva, 2012); assim como se buscou embasamento nos marcos da legislação: Constituição Federal de 1988, Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional LDBEN nº 9394/96 e o Plano Nacional de Educação. Diante da análise, os apontamentos indicam que a escola deve se

PALAVRAS-CHAVE: Escola; Processo pedagógico; Educação de Jovens e Adultos.

ABSTRACT

The present study aims to reflect on the pedagogical strategies used in the education of young people and adults as a means of formation of the human person. The methodology of the bibliographic review research was used. The references used were described in the bibliographic references, being considered the authors: Monteiro and Gabriel (2011); Cainelli and Tomazin (2017); Milk (2005); Freire (1983 and 2008); Stainback and Stainback (1999) (Silva, 2012); as well as seeking the basis of the frameworks of legislation: Federal Constitution of 1988, Law of Guidelines and Bases of National Education LDBEN No. 9394/96 and the National Education Plan. In view of the analysis, the notes indicate the school should position itself as inclusive, since the eJA modality is a guaranteed right in the Magma Charter.

KEYWORDS: School; Pedagogical process; Youth and Adult Education.


[1] Graduado em Pedagogia pela Faculdade Integrada do Sul. Especialista em História, pela Universidade Federal de Mato Grosso. Mestrando em Educação, pela Fateffir. E-mail: cabojmonteiro@hotmail.com.

[2] Professora Doutora em Educação pela UTCD – Assunção Paraguai, em 2012. Título Revalidado pela Universidade Estácio de Sá em 2017. Mestre em Educação pela UFMT em 2000. Professora aposentada da Rede Pública de Mato Grosso -SEDUC.

RELAÇÃO FAMÍLIA E ESCOLA VISANDO AO APRENDIZADO DO EDUCANDO

Irany Alves De Oliveira[1]

Eliete Borges Lopes[2]

Resumo

Este artigo revisa, por meio de uma pesquisa bibliográfica, alguns dos principais problemas que envolvem a família em relação à educação dos filhos; isso inclui a participação dos pais na escola e o conhecimento e opinião que eles têm sobre o ensino e aprendizagem. Compreendeu-se nesta pesquisa que o primeiro e mais importante agente socializador das crianças é a família. Foi necessário analisar essa relação Família-Escola, na medida em que são os dois grandes agentes responsáveis pela educação das crianças, atentando-se para as realidades em que estão imersos e tentando responder às demandas que cada um deles pode apresentar. Em última análise, o estudo apontou que família e escola tem um impacto direto na capacidade autônoma e responsável das crianças e, para que ela ocorra, é necessário que a família e a escola trabalhem em conjunto e cooperativamente, uma vez que o sucesso escolar e adaptação social das crianças são as expectativas que os pais têm sobre o desempenho acadêmico e a satisfação com a educação de seus filhos na escola.

Palavras-chave

Família. Escola. Responsabilidade. Ensino e Aprendizagem.

Abstract

This article reviews through a literature search some of the main problems that involve the family in relation to the education of the children, this includes the participation of the parents in the school and the knowledge and opinion they have about teaching and learning. He understood in this research that the first and most important socializing agent of children is the family. It was necessary to analyze this Family-School relationship, since they are the two great agents responsible for the education of the children, paying attention to the realities in which they are immersed and trying to respond to the demands that each of them can present. Ultimately, the study pointed out that the family and school have a direct impact on the autonomous and responsible capacity of the children and, for them to occur, it is necessary for the family and the school to work together and cooperatively, since school success and social adaptation of children are expectations that parents have about academic performance and satisfaction with their children’s education in school.

Keywords

Family. School. Responsibility. Teaching and learning.

Texto completo


[1] Licenciada em Pedagogia Plena; Especialização em Psicopedagogia Clínica e Institucional.

[2] Doutora em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso.

A IMPORTÂNCIA DOS PAIS NA VIDA ESCOLAR DE SEUS FILHOS: REALIDADES DA EMEB BOTUVERÁ

Franciele Correa de Freitas Silva Duarte[1]

Resumo

O presente artigo vem ressaltar a importância que a família tem na vida escolar dos filhos. Foram feitas pesquisas bibliográficas e estudo de caso em uma escola rural do município de Gaúcha do Norte – MT. Tendo em vista que hoje os pais trabalham e têm muitas ocupações, os filhos acabam ficando de lado, sendo educados por terceiros, tendo liberdade e não disciplina. A escola pede socorro e os pais não são frequentes e, às vezes, são negligentes com relação às atitudes dos seus filhos. A pesquisa revelou que escola e família devem ser parceiras para que a criança tenha uma boa base de formação pessoal e social, bem como faz-se necessário que seja trabalhado e discutido, no âmbito da escola, o novo e atual estilo de vida para que, futuramente, possamos contar com adultos críticos que realmente exerçam a cidadania.

Palavras-chave

pais, filhos, escola.

Abstract

The presente article emphasizes the importance that the Family has in the school life of the children. Bibliographic researches and case studies were carried out in a rural school in the municipality of Gaúcha do Norte – MT. since parents nowadays work and have many occupations, children end up being left behind, being educated by others, having freedom and not discipline. The school asks for help and the parents are not frequent and, at times, they are negligent regarding the attitudes of their children. The research revealed that school and family should be partners so that the child has a good foundation of personal and social formation, as well as it becomes necessary to be worked and discussed within the school, this new way of life so that, in the future, we can count on critical adults who really exercise citizenship.

Keywords

parents, children, school.

Texto completo


[1] Mestranda em Educação pela FATEFFIR; Pós-graduanda em psicopedagogia e educação especial pelo UCAMPROMINAS; Graduada em Pedagogia pela UNIPAR- Universidade Paranaense Campus Guaíra.