A INCLUSÃO COMO DIREITO E OS DESAFIOS DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: um estudo de caso na Escola Estadual Profª. Hilda Rocha Sousa

Joana Pimentel de Araújo

RESUMO

O estudo objetiva estabelecer uma reflexão sobre os desafios do Professor da modalidade da Educação de Jovens, a fim de analisar a sua prática pedagógica na rede pública de ensino, na Escola Estadual Profª Hilda Rocha Sousa, do município de São Félix do Araguaia, Estado de Mato Grosso. Utilizando-se da metodologia de pesquisa qualitativa, foi feita uma amostragem com oito Professores e nove Alunos. Foram contextualizadas as respostas que fizeram parte do questionário aplicado sobre o Perfil Profissional do Docente e à prática pedagógica em sala de aula, bem como sobre o Perfil Discente e a visão do aluno sobre a prática pedagógica em sala de aula. O trabalho está dividido em três capítulos: o primeiro apresenta A educação inclusiva e a educação de jovens e a adultos – EJA; o segundo faz as considerações sobre as políticas públicas como garantia para a educação de jovens e adultos; o terceiro apresenta os aspectos metodológicos da pesquisa, os resultados qualitativos e a discussão dos resultados encontrados. Conclui-se que o grande desafio do professor é conseguir, com seus mecanismos estratégicos, manter o aluno na escola, tanto quanto conseguir que o aluno valorize a postura do professor em sala de aula.

PALAVRAS-CHAVE: Inclusão. Desafio do Professor. Prática pedagógica. Ensino.

ABSTRACT

The study aims to establish a reflection on the challenges of Teacher education mode in order to analyze the relationship between pedagogical practice in public schools, in the State School Prof. Hilda Ramirez Shah, São Félix do Araguaia, in Mato Grosso. Using qualitative research methodology with a sampling of eight teachers and nine students was contextualized the answers that were part of the questionnaire applied that concerned the professional profile of teaching and pedagogical practice in the classroom; the Student Profile and the same vision about the pedagogical practice in the classroom. The work was divided in three chapters, the first presented the inclusive education and education of young people and adults-EJA, the second makes public policy considerations as collateral for the education of young people and adults, and the third presents the methodological aspects, qualitative results and the discussion of the results. It is concluded that the major challenge of the teacher is to achieve with their strategic mechanisms to keep the student at the school, so much so that the student appreciates the attitude of the teacher in the classroom.

KEYWORDS: Inclusion. Teacher’s challenge. Pedagogical practice. Teaching.

PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO

José Carlos Arantes[1]

GladstonCley Nogueira[2]

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo averiguar de que maneira o trabalho do professor de Educação Física tem contribuído para o desenvolvimento inclusivo dos alunos que apresentam necessidades educacionais especiais. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica em torno do termo inclusão e Educação Física. Para embasar a pesquisa bibliográfica, descritiva e qualitativa buscou-se teóricos como Rodrigues (2006), Alarcão (2003), Fonseca (2005), dentre outros. Após exaustivas leituras e reflexões acerca do tema, em que pese o crescente reconhecimento da educação inclusiva nas aulas de Educação Física, como forma prioritária para atender os alunos com necessidades educativas especiais, na prática, percebe-se um avanço alicerçado nos esforços em particular de cada educador, que procura no seu espaço de trabalho fazer o processo de inclusão, seja por atividades adaptadas, pelas técnicas e metodologias inseridas no contexto. Contudo, enfrentam obstáculos e dificuldades que se referem à falta de recursos materiais, causando com isso, um grande desconforto entre os professores. Concluiu-se que a inclusão deve ser compreendida a partir do entendimento de que todos devem abraçar a causa, as escolas devem ser reestruturadas para que os professores tenham condições de se capacitarem para atender a todos os alunos de modo igualitário.

Palavras-chave

Inclusão. Educação Física. Formação.

Abstract

The present research aims to find out how the work of the Physical Education teacher has contributed to the inclusive development of students who have special educational needs. A bibliographical research was done around the term Inclusion and Physical Education. To support bibliographical, descriptive and qualitative research, we sought theorists such as Rodrigues (2006), Alarcão (2003), Fonseca (2005), among others. After exhaustive readings, reflections on the theme, in spite of the growing recognition of inclusive education in Physical Education classes, as a priority way to attend students with special educational needs, in practice, there is a progress grounded in the efforts of each educator, who seeks in his / her work space to make the inclusion process, either by adapted activities, by the techniques and methodologies inserted in the context. However, they face obstacles and difficulties that refer to the lack of material resources, causing with this, a great discomfort among teachers. Inclusion must be understood from the understanding that everyone must embrace the cause, schools must be restructured so that teachers are able to be empowered to serve all students equally.

Keywords

Inclusion, Physical Education, Training

Texto completo


[1] Licenciatura Educação Física, Especialização: Motricidade, Treinamento e Performance Desportiva. Mestrando em Ciências da Educação.

[2] Licenciatura Educação Física, Especialização: Motricidade, Treinamento e Performance Desportiva. Mestrando em Ciências da Educação.