Metodologias educacionais no processo de ensino aprendizagem para alunos com deficiência, nas aulas de Biologia, município de Nova Xavantina, Mato Grosso, Brasil.

Samara Lydia Caetano Thome

RESUMO

O processo de inclusão escolar ainda não vem sendo satisfatório de modo geral, por causa de dificuldades no processo de ensino aprendizagem. A falta de conhecimento em relação à inclusão vem gerando acúmulo de dificuldades e de pouco rendimento escolar. O presente estudo tem como objetivo desenvolver metodologias no ensino de biologia para alunos inclusos na Escola Estadual Ministro João Alberto em Nova Xavantina-MT. Sendo elaboradas atividades diferenciadas (lúdicas) que auxilie o professor nas aulas de biologia, que se identifique o rendimento após o uso dos materiais e junto aos professores e analisa se os alunos interagiram com os demais durante a utilização do material. Através dos resultados observou que os alunos incluídos, ou seja, portadores de necessidades especiais não estão comparecendo as aulas sendo considerados infrequentes, em relação aos alunos que participaram do estudo, o rendimento nas atividades escolares foi considerado satisfatório, quase não tiveram dificuldades em trabalhar com os materiais produzidos, demonstraram um bom relacionamento na socialização com os demais colegas. A partir das observações realizadas na área de estudo, sugere-se neste primeiro momento, uma maior atenção da parte do corpo escolar em relação a estes alunos em especial na tentativa de que se elaborem mais materiais pedagógicos para auxiliar os professores a trabalhar com os alunos incluídos.

PALAVRAS-CHAVE: Inclusão, Metodologias de Ensino, Socialização.

ABSTRACT

The process of school inclusion has not yet been satisfactory in general, because of many difficulties that are still occurring in the process of teaching learning. The lack of knowledge of many people in relation to inclusion has generated difficulties and poor school performance. The present study aims to develop methodologies for the teaching of biology attending the needs of students included in the process of teaching learning after the process of inclusion in the State School Minister John Alberto in Nova Xavantina-MT. Elaborating differentiated (playful) activities that assist the teacher in biology classes, identifying the income after the use of the materials and with the teachers to analyze if the students interacted with the others during the use of the material. Through the results it was observed that the included students, that is, those with special needs, some students are not attending the classes being considered infrequent, in relation to the students who participated in the study, the income in the school activities was considered satisfactory, almost had no difficulties in working with the materials produced, demonstrated a good relationship in socializing with the other colleagues. From the observations made in the study area, it is suggested in this first moment, a greater attention on the part of the school body in relation to these students, especially in the attempt to elaborate more pedagogical materials to help the teachers to work with the students included.

KEYWORDS: Inclusion, Teaching Methodologies, Socialization.

INCLUIR PARA NÃO EXCLUIR: A VIVÊNCIA DOS PROFESSORES DA ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL “LIVRE APRENDER”

Ana Rita Rafaela da Silva[1]

Leopoldo Oscar Briones Salazar[2]

RESUMO

O objetivo geral desta pesquisa foi analisar a atuação dos professores no processo de inclusão, no contexto da Educação Especial na Escola Estadual Livre Aprender. Também guiou-se pelos objetivos de produzir um relato sobre a legislação vigente da educação especial no Brasil, apontar a relevância da preparação dos professores para atuarem no processo de inclusão desenvolvido na educação especial; pontuar as percepções dos professores da Escola Estadual Livre e Aprender. Método: além da revisão de literatura (pesquisa bibliográfica) fez-se uso do questionário aberto aplicado junto aos professores da educação especial na Escola Estadual Livre Aprender localizada no município de Cuiabá-MT, a fim de conhecer a percepção dos professores sobre os desafios e benefícios da educação especial. Resultados: por meio da análise dos questionários respondidos, percebeu-se a necessidade de se oferecer melhores condições de trabalho e recursos pedagógicos que possibilitem, ao professor da educação especial, desempenhar suas atividades com maior efetividade e eficiência, suprindo a demanda e necessidades dos deficientes atendidos pela educação especial da Escola Estadual Livre Aprender. Conclusão: acredita-se que os professores da educação especial, apesar dos desafios e da necessidade de melhores condições e mais recursos pedagógicos, se empenham em ofertar aos deficientes inseridos na educação especial estratégias que permitam aos mesmos construir novos conhecimentos, competências e certa autonomia, preparando-os para inclusão social e até mesmo para o ensino regular. Ainda assim, é imprescindível que se invista mais e mais no aperfeiçoamento dos profissionais da educação, tanto daqueles que atuam na educação especial quanto do ensino regular, pois uma educação de qualidade, eficiente e eficaz permite o crescimento e desenvolvimento de um país.

PALAVRAS-CHAVE: Pessoas com Deficiência; Educação especial; Inclusão; Vivência; Professores; Escola Estadual Livre Aprender.

ABSTRACT

Objective: general objective to analyze the performance of teachers in the process of inclusion in the context of Special Education in the State Free Learning School. Produce an account of the current legislation of special education in Brazil, to point out the relevance of the preparation of teachers to act in the process of inclusion developed in special education; punctuate the perceptions of the teachers of the Free State School and Learn. Method: Besides the literature review (bibliographic research), the author used the open questionnaire applied to special education teachers at the State Free Learning School located in the city of Cuiabá-MT, in order to know the teachers’ perceptions about the challenges and benefits of special education. Results: through the analysis of the questionnaires answered, it was noticed the need to offer better work conditions and pedagogical resources that enable the special education teacher to carry out his activities with greater effectiveness and efficiency, supplying the needs and needs of the disabled attended by the special education of the State Free Learning School. Conclusion: it is believed that special education teachers, despite the challenges and the need for better conditions and more pedagogical resources, strive to offer to the disabled in the special education strategies that allow them to build new knowledge, skills and a certain autonomy, preparing them for social inclusion and even for regular education. Still, it is imperative that you invest more and more in the improvement of education professionals, both those who work in special education and regular education, because quality, efficient and effective education allows the growth and development of a country.

KEYWORDS: People with Disabilities; Special education; Inclusion; Experience; Teachers; Free State Learning School.


[1] Mestranda na UDS.

[2] Doutor em Ciências da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Chile (2000). Mestre em Ciências da Educação, Menção Currículo. Licenciado em Linguística. Formado na Pontifícia Universidade Católica de Chile. Diretor Programas de Pós-graduação Universidade Internacional SEK, Chile. Coordenador Unidade de Desenvolvimento Curricular Centro tecnológico Pontifícia Universidade Católica de Valparaíso, Chile. Especialista em Gestão Acadêmica Universitária e em Gestão Educativa. Leopoldobriones@gmail.com

ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO (AEE): A Inclusão Escolar de Alunos Surdos em uma escola de Teresina – PI

Conceição de Maria Carvalho Mendes [1]

Jane Cris de Lima Cunha [2]

RESUMO

Este artigo intitulado Atendimento Educacional Especializado (AEE): A Inclusão Escolar de Alunos Surdos em uma escola municipal de Teresina, norte baiano, tem como objetivo geral analisar como se processa a inclusão e a aprendizagem dos alunos surdos em uma escola municipal de Teresina. E tendo como objetivos específicos: preparar os professores e a escola para efetivar a inclusão adequada; elaborar o Projeto Político Pedagógico (PPP) com projetos que envolva a língua brasileira de sinais; trabalhar a Língua de Sinais (Libras) não só com os alunos surdos, mas com todos os alunos da escola, como forma de envolver a comunidade escolar e alcançar um bom resultado na comunicação dos surdos; Envolver os alunos surdos em todas as atividades atribuídas aos demais alunos com a segurança de que está ocorrendo comunicação entre todos e impedindo que ocorra sentimento de inferiorização na comunidade surda e que atenda as especificidades dos mesmos. Nesta pesquisa foi utilizada a metodologia quantiqualitativa e descritiva pelos meios de observação, acompanhamento diário na sala de aula e questionários trazendo indagações específicas contribuindo para um diálogo entre as partes. Eles foram atribuídos aos professores efetivos, direção da escola. A pesquisa foi embasada nas leis que amparam a educação brasileira, nas ideias de Rosita Edler Carvalho, Maria Tereza Eglér Mantoan, Paulo Freire, Declaração de Salamanca entre outros. Na realização desta pesquisa constatou-se que para a escola se tornar inclusiva são necessárias reflexões entre os responsáveis pela educação buscando o cumprimento das leis e a remoção de barreiras com um único objetivo: ensinar a todos sem discriminação.

PALAVRAS-CHAVE: Inclusão; Alunos surdos; AEE Escolar.

ABSTRACT

This article entitled Specialized Educational Service (AEE): School Inclusion of Deaf Students in a municipal school in Teresina, northern Bahia, has the general objective of analyzing how the inclusion and learning of deaf students in a municipal school in Teresina takes place. And having as specific objectives: to prepare teachers and the school to effect adequate inclusion; to elaborate the Pedagogical Political Project (PPP) with projects that involve the Brazilian sign language; working with Sign Language (Libras) not only with deaf students, but with all students in the school, as a way to involve the school community and achieve a good result in deaf communication; Involve deaf students in all activities assigned to other students with the certainty that communication is taking place between all and preventing the feeling of inferiority in the deaf community and meeting their specificities. In this research, the quantitative and qualitative methodology was used by means of observation, daily monitoring in the classroom and questionnaires bringing specific questions contributing to a dialogue between the parties. They were assigned to the effective teachers, school director. The research was based on the laws that support Brazilian education, on the ideas of Rosita Edler Carvalho, Maria Tereza Eglér Mantoan, Paulo Freire, Salamanca Declaration, among others. In conducting this research, it was found that for schools to become inclusive, reflections are necessary among those responsible for education, seeking to comply with laws and remove barriers with a single objective: to teach everyone without discrimination.

KEYWORDS: Inclusion; Deaf students; School ESA.


[1] Professora doutora em Administração pela UNINTER. Professora Mestre em Administração pela Universidade Federal da Paraíba. Professora do quadro efetivo da Universidade Estadual do Piauí. email: mendesconceicao628@gmail.com.

[2] Possui graduação em Medicina Veterinária pela Universidade Estadual do Ceará (1998), Especialização em Gestão de Sistemas Locais de Saúde pela Escola de Saúde Pública do Ceará (2001), Mestrado em Saúde Pública pela Universidade Estadual do Ceará (2005), Aperfeiçoamento em Epidemiologia para Gestores de Saúde pela Johns Hopkins University/MS (2006/2007) e Doutorado em Saúde Coletiva Associação Ampla UECE/UFC/UNIFOR (2014). Atualmente é responsável técnica pelo Programa de Vigilância e Controle das Leishmanioses do Estado do Ceará.

RESENHA CRÍTICA REFLEXÕES SOBRE A CONSTITUIÇÃO DE UMA CULTURA SURDA POR NÍDIA REGINA LIMEIRA SÁ

                                           Cristiana Aparecida de Freitas Freddo [1]

Charleston Sperandio de Souza [2]

SÁ, Nídia Regina Limeira. Existe uma cultura surda? In: Cultura, poder e educação de surdos. São Paulo: Paulinas, 2006. 388 p.

RESUMO

Nesta obra, Sá (2006) dá visibilidade à cultura surda, à medida que tece críticas a como ela foi silenciada ao longo do tempo, causando prejuízo para a sua consolidação. Com a pós-modernidade nascem as possibilidades de novas visões e modos de compreender-se o contexto social no qual vivemos, isso permite trazer à cena as minorias culturais, como é o caso dos surdos. A defesa é a de que se problematize o desrespeito aos surdos e se promovam práticas de valorização da Língua de sinais, logo, de seu modo de comunicar-se e expressar-se.

PALAVRAS-CHAVE: Cultura surda. Surdez. Inclusão.


[1] Graduada em Letras Português/Inglês e suas respectivas Literaturas, pelo Instituto Superior de Educação de Juína – MT (2009). Especialista em Metodologia do ensino de Língua Portuguesa e Literatura, pela Faculdade da Lapa. Professora da Escola Estadual Antônia Moura Muniz, Juína/MT.

[2] Graduado em Administração pela Fundação Castelo Branco (1993 – Colatina/ES); Especialista em Docência do Ensino Superior; Mestre em Administração de Empresas pela Fundação Instituto Capixaba de Pesq. em Contabilidade, Economia e Finanças – FUCAPE. Doutorando em Economia pela Universidade Nacional de La Matanza – UNLAM (Buenos Aires – Argentina).

A INCLUSÃO COMO DIREITO E OS DESAFIOS DO PROFESSOR DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: um estudo de caso na Escola Estadual Profª. Hilda Rocha Sousa

Joana Pimentel de Araújo

RESUMO

O estudo objetiva estabelecer uma reflexão sobre os desafios do Professor da modalidade da Educação de Jovens, a fim de analisar a sua prática pedagógica na rede pública de ensino, na Escola Estadual Profª Hilda Rocha Sousa, do município de São Félix do Araguaia, Estado de Mato Grosso. Utilizando-se da metodologia de pesquisa qualitativa, foi feita uma amostragem com oito Professores e nove Alunos. Foram contextualizadas as respostas que fizeram parte do questionário aplicado sobre o Perfil Profissional do Docente e à prática pedagógica em sala de aula, bem como sobre o Perfil Discente e a visão do aluno sobre a prática pedagógica em sala de aula. O trabalho está dividido em três capítulos: o primeiro apresenta A educação inclusiva e a educação de jovens e a adultos – EJA; o segundo faz as considerações sobre as políticas públicas como garantia para a educação de jovens e adultos; o terceiro apresenta os aspectos metodológicos da pesquisa, os resultados qualitativos e a discussão dos resultados encontrados. Conclui-se que o grande desafio do professor é conseguir, com seus mecanismos estratégicos, manter o aluno na escola, tanto quanto conseguir que o aluno valorize a postura do professor em sala de aula.

PALAVRAS-CHAVE: Inclusão. Desafio do Professor. Prática pedagógica. Ensino.

ABSTRACT

The study aims to establish a reflection on the challenges of Teacher education mode in order to analyze the relationship between pedagogical practice in public schools, in the State School Prof. Hilda Ramirez Shah, São Félix do Araguaia, in Mato Grosso. Using qualitative research methodology with a sampling of eight teachers and nine students was contextualized the answers that were part of the questionnaire applied that concerned the professional profile of teaching and pedagogical practice in the classroom; the Student Profile and the same vision about the pedagogical practice in the classroom. The work was divided in three chapters, the first presented the inclusive education and education of young people and adults-EJA, the second makes public policy considerations as collateral for the education of young people and adults, and the third presents the methodological aspects, qualitative results and the discussion of the results. It is concluded that the major challenge of the teacher is to achieve with their strategic mechanisms to keep the student at the school, so much so that the student appreciates the attitude of the teacher in the classroom.

KEYWORDS: Inclusion. Teacher’s challenge. Pedagogical practice. Teaching.

PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA COMO FERRAMENTA DE INCLUSÃO

José Carlos Arantes[1]

GladstonCley Nogueira[2]

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo averiguar de que maneira o trabalho do professor de Educação Física tem contribuído para o desenvolvimento inclusivo dos alunos que apresentam necessidades educacionais especiais. Realizou-se uma pesquisa bibliográfica em torno do termo inclusão e Educação Física. Para embasar a pesquisa bibliográfica, descritiva e qualitativa buscou-se teóricos como Rodrigues (2006), Alarcão (2003), Fonseca (2005), dentre outros. Após exaustivas leituras e reflexões acerca do tema, em que pese o crescente reconhecimento da educação inclusiva nas aulas de Educação Física, como forma prioritária para atender os alunos com necessidades educativas especiais, na prática, percebe-se um avanço alicerçado nos esforços em particular de cada educador, que procura no seu espaço de trabalho fazer o processo de inclusão, seja por atividades adaptadas, pelas técnicas e metodologias inseridas no contexto. Contudo, enfrentam obstáculos e dificuldades que se referem à falta de recursos materiais, causando com isso, um grande desconforto entre os professores. Concluiu-se que a inclusão deve ser compreendida a partir do entendimento de que todos devem abraçar a causa, as escolas devem ser reestruturadas para que os professores tenham condições de se capacitarem para atender a todos os alunos de modo igualitário.

Palavras-chave

Inclusão. Educação Física. Formação.

Abstract

The present research aims to find out how the work of the Physical Education teacher has contributed to the inclusive development of students who have special educational needs. A bibliographical research was done around the term Inclusion and Physical Education. To support bibliographical, descriptive and qualitative research, we sought theorists such as Rodrigues (2006), Alarcão (2003), Fonseca (2005), among others. After exhaustive readings, reflections on the theme, in spite of the growing recognition of inclusive education in Physical Education classes, as a priority way to attend students with special educational needs, in practice, there is a progress grounded in the efforts of each educator, who seeks in his / her work space to make the inclusion process, either by adapted activities, by the techniques and methodologies inserted in the context. However, they face obstacles and difficulties that refer to the lack of material resources, causing with this, a great discomfort among teachers. Inclusion must be understood from the understanding that everyone must embrace the cause, schools must be restructured so that teachers are able to be empowered to serve all students equally.

Keywords

Inclusion, Physical Education, Training

Texto completo


[1] Licenciatura Educação Física, Especialização: Motricidade, Treinamento e Performance Desportiva. Mestrando em Ciências da Educação.

[2] Licenciatura Educação Física, Especialização: Motricidade, Treinamento e Performance Desportiva. Mestrando em Ciências da Educação.