EDUCAÇÃO INCLUSIVA: A TRAJETÓRIA EVOLUTIVA NO BRASIL

                                           Lidia Araceli Grilo Taborda[1]

Ana Lara Casagrande[2]

RESUMO

Este artigo tem o objetivo de refletir sobre o percurso da educação inclusiva no Brasil. Consideramos que a temática seja importante para professores e interessados em uma educação para todos, sem ex- ceção. Levamos em consideração a determinação da LDB a respeito da garantia do atendimento edu- cacional às pessoas com necessidades especiais, termo, inclusive, adotado por esta lei, para considerar que este direito, reconhecido pela maior lei da educação brasileira, pode ser visto como um passo im- portante para esses sujeitos, que estavam à margem dos direitos educacionais por décadas anteriores. Destacamos a Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEE) e seu papel em posicionar a escola como um espaço de superação da lógica da exclusão. Podemos notar um avanço no tratamento da questão do direito à educação das pessoas com necessidades especiais no Brasil, mas isso não significa que todos os desafios foram transpostos.

PALAVRAS-CHAVE: Educação inclusiva. Necessidades especiais. Direito

ABSTRACT

This article aims to reflect on the path of inclusive education in Brazil. We believe that the theme is important for teachers and those interested in education for all, with no exceptions. We take into ac- count the determination of the LDB regarding the guarantee of educational assistance to people with special needs, rather than the law adopted, to consider that this right recognized by the most important education law can be seen as an important step for these subjects, who were excluded from educational rights in previous decades. We highlight the National Policy on Special Education in the Perspective of Inclusive Education (NPSE) and its role in positioning the school as a space to overcome the logic of exclusion. We can note a step forward in addressing the issue of the right to education of people with special needs in Brazil, but this does not mean that all challenges have been overcome.

KEYWORDS: Inclusive education. Special needs. Right law.


[1] Fonoaudióloga, mestranda em Ciências da Educação pela Saint Alcuim Anglican College. Santa Rita do Tri- velato/MT, Brasil.

[2] Mestre, Doutora e Pós-doutora em Educação. Professora adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso. Cuiabá/MT, Brasil.

O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO NO MUNICÍPIO DE TRINDADE – GO

Andrei Pires de Alcântara[1]

Resumo

O trabalho ora apresentado se constitui de um artigo, no qual se faz uma abordagem social a partir da análise de dados obtidos pela Superintendência de Inclusão da Secretaria de Estado da Educação em Goiás, acerca do município de Trindade, referente ao Atendimento Educacional Especializado – AEE. O presente artigo apresenta e relata os direitos dos portadores de necessidades especiais, especificamente, quanto ao acesso ao conhecimento. A pesquisa em questão apresenta uma breve entrevista realizada com uma Professora da Educação Especial do Colégio Estadual Professor Herlon Gomide, situado nesta cidade. A entrevista expressa a prática adotada e as dificuldades encontradas por ela, no processo de atendimento aos discentes, o que permitirá conhecer a realidade do AEE no município escolhido. Também, cita a definição de AEE, seu contexto na educação brasileira, fundamentos e princípios, necessidades educacionais, recursos disponibilizados por meio de revisão bibliográfica. A pesquisa objetiva saber como está sendo conduzida a Educação Especial na rede de ensino regular e a utilização do AEE no município em questão. E, ainda, propõe fazer uma revisão acerca dos direitos dos discentes portadores de necessidades educacionais especiais e qual deve ser a postura do educador desses alunos. Como resultados observou-se que há um déficit de profissionais do AEE de aproximadamente mais de 50%.

Palavras-chave

Atendimento Educacional Especializado. AEE. Necessidades Especiais. Educação Especial.

Abstract

The paper presented here consists of an article in which a social approach is made based on the analysis of data obtained by the Superintendency of Inclusion of the State Department of Education in Goiás, in the municipality of Trindade. This article presents and reports the rights of people with special needs, especially regarding access to knowledge. The research in question presents a brief interview with a Professor of Special Education of the State College Professor Herlon Gomide, located in this city. The interview expresses the practice adopted and the difficulties encountered by it, in the process of attending to the students, which will allow to know the reality of the ESA in the chosen municipality. It also cites the definition of ESA, its context in Brazilian education, fundamentals and principles, educational needs, resources made available through bibliographic review. The research aims to know how Special Education is being conducted in the regular education system and the use of ESA in the municipality in question. It also proposes to review the rights of students with special educational needs and what should be the attitude of the educator of these students. As results it was observed that there is a deficit of professionals of the ESA approximately more than 50%.

Keywords

Specialized Educational Assistance. AEE. Special needs. Special education.

Texto completo


[1] Professor Andrei Pires de Alcântara, Mestrando da Saint Alcuin of York Anglicana College – Chile.