A profissão docente na perspectiva da formação contínua: um estudo exploratório

Zilmar Ferreira da Silva Carvalho

RESUMO

Para melhor compreender o tema da formação contínua, buscamos, nesta pesquisa, caracterizar a formação contínua dos professores do Ensino Fundamental do Município de Serranópolis- GO, no período de 2007 a 2012, com o objetivo de conhecermos as razões que levam os docentes a buscarem a formação contínua. Também, caracterizar como o professor concebe um bom curso de formação; levantar os aspectos considerados pelos professores ao escolherem um curso de formação contínua; saber porque alguns professores não têm interesse em participar das atividades de formação contínua. Para tanto, caracterizamos o tipo de formação que os professores receberam no período de 2007 a 2012. Além disso, buscamos compreender também porque alguns docentes só participam de cursos de formação contínua quando são convocados pelo gestor ou são obrigados a participarem. Quanto à natureza da investigação, optamos por uma pesquisa qualitativa que se caracteriza pela valorização da interação entre o investigador e o sujeito, em que a interpretação dos fatos depende muito da criatividade do pesquisador. Neste aspecto, a pesquisa teve um caráter interpretativo com predominância na análise dos dados. Trata-se de uma pesquisa de cunho naturalístico, considerando que os dados foram coletados diretamente do campo. Para a coleta de dados, utilizamos os seguintes instrumentos: questionário, entrevista semiestruturada e entrevista escrita. Elaboramos o questionário com questões abertas e fechadas e foram respondidas por 25 professores, que atuam no Ensino Fundamental em três escolas do município; e a entrevista semiestruturada com 03 questões e a entrevista escrita com 10 profissionais. Os dados coletados através do questionário nos possibilitaram realizar a caracterização dos professores no que refere a idade, gênero, formação acadêmica e formação em nível de pós-graduação. No aspecto referente ao gênero constatouse a presença predominante feminina, realidade equivalente às outras regiões do país. Na sequência da investigação, procuramos verificar a opinião dos professores concernentes aos aspectos relacionados à formação continuada, e entender quando eles buscam estes cursos. Neste sentido, constatamos que a maioria dos respondentes participa de cursos relacionados à formação contínua quando a instituição em que trabalham oferece cursos sem custos financeiros. No entanto, apesar da resposta anterior, constatamos que 88% (oitenta e oito por cento) dos professores investigados participaram de cursos relacionados à formação contínua no período de 2007 a 2012. Outro fator que analisamos foi que a maioria dos professores considera o tema importante quando tem que escolher determinado curso de formação contínua. De forma singular, em todas as etapas dessa investigação, no questionário, entrevista semiestruturada e entrevista escrita, a preferência por atividades relacionadas à prática pedagógica, nos cursos de formação contínua, surge como necessidade formativa dos sujeitos investigados. Esta pesquisa nos permitiu assim, caracterizar alguns aspectos relacionados à formação contínua dos professores investigados, considerando os grandes anseios e desafios que envolvem a profissão docente, frente aos quais, torna-se necessário refletir sobre o processo de formação contínua como possível ferramenta capaz de proporcionar mudanças significativas no cenário educacional.

PALAVRAS-CHAVE: formação contínua, professores, pesquisa.

RESUMEN

Para mejor comprender el tema de la formación continuada, buscamos neste trabajo caracterizar la formación continua de los profesores de la Enseñanza Fundamental del Municipio de Serranópolis-GO, en el período de 2007 a 2012, con el objetivo de conocerlas razones que llevan los docentes a buscar la formación continua, caracterizar como el profesor concibe un buen curso de formación continua; levantar los aspectos considerados por los profesores al escoger un curso de formación continua; saber porque algunos profesores no tienen interés en participar de las actividades de formación continua,caracterizar el tipo de formación que los profesores recibieron en el período de 2007 a 2012 comprende la colecta de los datos. Además de eso, buscamos comprender también por qué algunos docentes sólo participan de cursos de formación continua cuando son convocados por el gestor o son obligados a participar.Cuanto a la naturaliza de la investigación, optamos por una pesquisa cualitativa que se caracteriza por la valoración de la interacción entre el investigador y el sujeto en que la interpretación de los hechos depende mucho de la creatividad del pesquisidor. En este aspecto, esta pesquisa tuvo uncarácter interpretativo con predominancia en el análisis de los datos. Tratamos de uma pesquisa de tipo natural considerando que colectamos los datos directamente del campo. Para la colecta de datos utilizamos los siguientes instrumentos: cuestionario,entrevista semi estructurada y entrevista escrita. Elaboramos el cuestionario com cuestiones abiertas y cerradas y respondido por 25 profesores, que actúan en la Enseñanza Fundamental en tres escuelas del municipio y la entrevista semi estructurada con 03 y la entrevista escrita con 10 profisionales..Los datos colectados a través del cuestionarionos posibilitaron realizar la caracterización de los profesores en lo que se refiere a la edad, género, formación académica y formación en nivel de post graduación. En el aspecto referente al género constatamos la presencia predominante femenina, realidad equivalente a las otras regiones del país. La secuencia de la investigación procuramos verificar la opinión de los profesores concernientes a los aspectos relacionados a la formación continuada, y entender cuándo ellos buscan estos cursos. En este sentido constatamos que la mayoría de los respondientes participa de cursos relacionados a la formación continua cuando la institución en la que trabajan ofrece cursos sin costos financieros. Sin embargo, a pesar de la respuesta anterior constatamos que 88% (ochenta y ocho por cien) de los professores investigados participaron de cursos relacionados a la formación continua en el período de 2007 a 2012. Otro factor que analizamos fue que la mayoría del profesores, considera el tema cuando tiene que escoger determinado curso de formación continua. De forma singular, en todas las etapas de esa investigación, en el cuestionario,entrevista semi estructurada y entrevista escrita, la preferencia por actividades relacionadasa la práctica pedagógica, en los cursos de formación continua, surge como necesidad formativa de los sujetos investigados. Esta pesquisa nos permitió así, caracterizar algunos aspectos relacionados a la formación continua de los profesores investigados, considerando los grandes anhelos y desafíos que envuelven la profesión docente, antes de lo cual, se hace necessário reflexionar sobre el processo de educación continua como una herramienta capaz de proporcionar câmbios significativos em el escenario educativo.

PALABRAS-CLAVE: formación contínua, profesores, pesquisa.

INTRODUÇÃO À PESQUISA

Luzia Avance de Oliveira[1]

Edevamilton de Lima Oliveira[2]

Resumo

O ser humano é pesquisador por natureza, estando em constante tentativa de compreender tudo o que o cerca. Esse lhe é um aspecto inerente e, desta forma, se auto realiza. Dessa busca do saber, nasce a ciência, permitindo conhecimento aprofundado e o ato de refletir e de se relacionar com o mundo; ato, esse, que pode ser feito por qualquer pessoa. A pesquisa é um instrumento fundamental para a construção do entendimento. Sem essa ferramenta não teríamos avanços, já que, por meio dela, o pesquisador comprova seus resultados e pelas suas descobertas dissemina o aprendizado acerca de seu objeto de estudo. Este trabalho tem como objetivo revelar a importância da pesquisa para o desenvolvimento científico e para a sociedade. Objetiva, também, mostrar que é o processo de análise de uma questão levantada em busca de respostas, por meio de métodos e planejamentos, usando diversas técnicas e experimentos, não sendo restritas, apenas, a pesquisadores profissionais, mas possível a todos que visam à busca pelo conhecimento. A metodologia utilizada para essa pesquisa foi a revisão bibliográfica, pela qual se constatou a importância dos artigos científicos, sua grandiosa contribuição para a educação e comunidade científica. A ciência, portanto, explora as possibilidades e perspectivas de conquistas, para que possa ser utilizada com o objetivo de esclarecer e solucionar os problemas da humanidade.

Palavras-chave

Pesquisa. Metodologia.  Revisão bibliográfica

Abstract

The human being is a researcher by nature, being in constant attempt to understand everything that surrounds him. This is an inherent aspect to it and, in this way, it is self-fulfilling. From this search for knowledge, science is born, allowing in-depth knowledge, and the act of reflecting and relating to the world, act, that, which can be done by anyone. Research is a fundamental tool for building understanding. Without this tool we would not have advances, since, through it, the researcher proves its results, and by its discoveries disseminates the learning about its object of study. This work aims to reveal the importance of research for scientific development and for society. It also aims to show that it is the process of analyzing a question raised in search of answers, through methods and planning, using various techniques and experiments, not restricted only to professional researchers, but possible to all who aim at search for knowledge. The methodology used for this research was the bibliographical review, which showed the importance of the scientific articles, its great contribution to education and the scientific community. Science, therefore, explores the possibilities and prospects of achievements, so that it can be used for the purpose of clarifying and solving the problems of humanity.

Keywords

Research. Methodology. Literature review.

Texto completo


[1] Professora UNIASSELVI. Especialista em Gestão de pessoas /FID. Professora do CEJA Prof. Antônio C. de F. Neto, Mestre em Educação /UFMT. Em Mato Grosso, segundo a Lei 8.806/08 a EJA, “é constituída por classes muito heterogêneas de trabalhadores que exercem atividades não qualificadas com idades superiores a quinze anos e que apresentam histórias de fracasso escolar. Logo, conhecê-los bem é importante para se obter melhores resultados e êxito no processo de ensino e aprendizagem. Reconhecendo as especificidades de seu público e partindo de sua realidade, o professor poderá conduzir melhor o processo de aprendizagem das diversas disciplinas.”

[2] Mestre e Doutor em História pela UFMT. Professor da Rede Estadual de Educação. Coordenador do Núcleo de Pesquisa e Inovação em Tecnologia Educacional – UFMT.