AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS ACERCA DA RELAÇÃO PROFESSOR E ALUNOS DA ESCOLA MUNICIPAL 4 DE JULHO DO MUNICÍPIO DE NOVA MUTUM-MT

Jaime Martins da Silva

RESUMO

As representações sociais de professores e alunos numa escola apresenta um panorama de como acontece a assimilação dos significados da aprendizagem pessoal e coletiva, envolvendo pessoas que buscam um aperfeiçoamento da prática, para contribuir com a construção do conhecimento permitindo condições de aceitação das diferenças individuais tornando positivas as relações interpessoais numa instituição de ensino. O objetivo geral deste trabalho foi analisar se as “representações sociais” do profissional de educação, no que diz respeito à relação professor e alunos, interferem no aprendizado escolar. A pesquisa tem abordagem qualitativa utilizando-se do método indutivo, sendo um estudo de caso com questionário aplicado a 10 professores e 30 alunos com escolha intencional. Os principais resultados indicam que aspectos técnicos e afetivos, que envolvem o trabalho do professor em sala de aula, contribuem com o aprendizado e com uma melhora na qualidade de vida dos alunos. Considera-se que o relacionamento professor-aluno envolve aspectos da formação profissional do educador e sentimentos afetivos que consolidam uma prática desenvolvida com competência no interior da escola.

PALAVRAS-CHAVE: Professor. Aluno. Representações sociais.

ABSTRACT

The social representations of teachers and students in a school provide an overview of how assimilation of the meanings of personal and collective learning takes place involving people who seek to improve their practice to contribute to the construction of knowledge, allowing conditions for the acceptance of individual differences, making positive relationships interpersonal skills in an educational institution. The general objective of this work was to analyze whether the “social representations” of the education professional with regard to the teacher and students relationship interfere in school learning. The research has a qualitative approach using the inductive method, being a case study with a questionnaire applied to 10 teachers and 30 students with an intentional choice. The main results indicate that technical and affective aspects that involve the teacher’s work in the classroom contribute to the learning and an improvement in the students’ quality of life. It is considered that the teacher-student relationship involves aspects of the educator’s professional training and affective feelings that consolidate a competently developed practice within the school.

KEYWORDS: Teacher. Student. Representations Social.

EDUCAÇÃO INCLUSIVA: O QUE PENSAM OS PROFESSORES? Contribuições a partir de uma pesquisa de campo realizada na EE Ana Maria do Couto, Cuiabá, MT, Brasil

Maria Cristina Domingues Barros[1]

Resumo

Este artigo tem por objetivo investigar o que pensam os professores da Escola Estadual Ana Maria do Couto sobre o processo de educação inclusiva. A proposta dessa educação se efetiva na busca de uma escola de qualidade para todas as crianças, independentemente de qualquer atributo físico, mental ou social. A educação especial deve funcionar como um suporte para a educação inclusiva quando se trata de crianças com deficiência e que tem necessidades educacionais especiais. De posse destes conceitos, apresentamos as principais ideias de L.S.Vigostski acerca do desenvolvimento da criança com deficiência. Esta teoria embasa a defesa por uma educação em que todas as crianças estudem juntas no mesmo local. Concluiu-se que é necessário que a criança com deficiência conviva diariamente com outros modelos de linguagem, de expressão, de habilidades para que possam ir além da deficiência e possam desenvolver outros modelos de atuação e de pensamento.

Palavras-chave

Professor, educação especial, educação inclusiva

Abstract

This article aims to understand what the teachers think the State School Ana Maria do Couto on the inclusive education process. The purpose of this is effective education in the pursuit of a quality school for all children regardless of any physical, mental or social attribute. Special education should act as a support for inclusive education when it comes to children with disabilities and who have special educational needs. Armed with these concepts , we present the main L.S.Vigostski ideas about the development of children with disabilities. This theory underlies the defense for an education that all children study together in the same place. For Vygotsky, it is necessary that the disabled children socialize daily with other language models, expression of skills so that they can go beyond the disability and to develop other models of action and thought.

Keywords

Teacher, special education, inclusive education

Texto completo


[1] Maria Cristina Domingues Barros, professora da rede estadual de Educação; Pós graduada pela UFMT em Educação Especial; Pós graduada pela UFMT em Educação Física e Esportes; Mestre em Ciências da Educação pela UPAP/PY.

O PAPEL DO PROFESSOR NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO

Geverson Piter dos Santos[1]

Gilvone Furtado Miguel[2]

Resumo

Este artigo apresenta um estudo exploratório que busca investigar, por meio de uma pesquisa bibliográfica, o papel do professor de Matemática na construção do conhecimento docente e suas competências. Esta pesquisa mostra a relevância e transcendência das práticas, destacando que aprender e ensinar são papeis que permeiam as atividades docentes. Este estudo aponta que o modo de conceber e dar significado ao ensino matemático, em relação às dificuldades de aprendizagem, se o professor não obtiver embasamento teórico e boas práticas, pode ser uma das causas do insucesso escolar na disciplina que, por vezes, podem encaminhar ao isolamento dos alunos ou mesmo à desistência do aprendizado e, até, ao abandono escolar. Situações estas que envolvem a formação do docente, que deve ser geradora de novos conhecimentos didáticos e exercícios de suas competências pedagógicas. Buscou-se subsídios bibliográficos de autores que orientam a forma de melhorar o ensino: Alarcão (1993), Pimenta (2008), Paro (2004), dentre outros. Concluiu-se que, nesta geração de conhecimento, diferentes fatores intervêm, tais como: o contexto que envolve os alunos, a forma como são trabalhados os conteúdos. O estudo revelou, também, que o despertar do raciocínio lógico matemático, por meio do ensino e aprendizagem, exige que professores nessa área de conhecimento tenham competência, entendida, neste estudo, como a capacidade de mobilizar múltiplos recursos, entre os quais os conhecimentos teóricos e experiências da vida profissional para responder às diferentes demandas das situações de trabalho.

Palavras-chave

Conhecimento. Competência. Professor. Formação. Ensino. Aprendizagem.

Abstract

This article presents an exploratory study, which seeks to investigate through a bibliographical research the role of the teacher of mathematics in the construction of the teaching knowledge and its competences. This research sought to show the relevance and transcendence of practices. Learning and teaching are roles that permeate teaching activities. This study pointed out that the way to conceive and give meaning to mathematical teaching in relation to learning difficulties, if the teacher does not obtain theoretical foundation and good practices, can be one of the causes of school failure in the discipline, sometimes can lead to isolation of students or even dropping out of learning and even dropping out of school. Situations that involve teacher training, which can be generating new knowledge and exercises of their competencies. We sought bibliographic subsidies from authors who consolidate as a way to improve teaching, Alarcão (1993), Pimenta (2008), Paro (2004), among others. In this generation of knowledge, different factors intervene such as: the context that involves the students, the way the contents are worked. The study also revealed that the awakening of mathematical logical reasoning, through teaching and learning, requires that teachers in this area of knowledge have competence, understood in this document, as the ability to mobilize multiple resources, including knowledge theoretical and professional life experiences to respond to the different demands of work situations.

Keywords

Knowledge. Competence. Teacher. Formation. Teaching. Learning.

Texto completo


[1] Graduação em Pedagogia, Ciências Naturais e Matemática. Pós-graduação em Psicologia do Ensino e da Aprendizagem.

[2] Doutora em Letras e Linguística (2007) pela UFG; especialista em Ciências Sociais Aplicadas à Educação pela FGV/UFMT.