VIOLÊNCIA ESCOLAR: um estudo das concepções sobre a prática de bullying em uma escola municipal de Ouricuri – PE

CREUZA MONTEIRO PILAR

RESUMO

A violência é um elemento que está presente em toda a sociedade, envolvendo todas as camadas sociais, a mesma tem causado um desgaste muito grande às comunidades, principalmente, à comunidade escolar, onde discentes e docentes têm sido vítimas de atrocidades que por sua vez acontecem dentro da escola. Portanto, é com este foco que esta pesquisa investigou a questão da violência e agressão dentro de uma escola pública do município de Ouricuri-PE. Esta pesquisa teve como objetivos analisar como e por quê ocorrem os casos de violência, principalmente o bullying dentro da esfera escolar, como também, avaliar o comportamento dos alunos que sofrem bullying e os que praticam esse ato. Pretendeu, ainda, conhecer as famílias e a infraestrutura dos alunos envolvidos em casos de violência dentro da escola, identificando as dificuldades de aprendizagem vivenciadas pelos discentes vítimas da violência no âmbito escolar, verificando como se aplicam as leis que protegem os discentes com relação ao bullying escolar. Apoiou-se no aporte teórico sobre os conceitos das diferentes formas de violência. Na metodologia, utilizou-se, como instrumentos de recolha de dados, entrevistas e análise documental. Elegeu-se o método descritivo enquadrado no paradigma compreensivo interpretativo, com enfoque epistemológico qualitativo. Os instrumentos para recolha de dados foram aplicados a professores e alunos. Os resultados obtidos mostraram que a violência está inserida dentro da escola e que, combatê-la, deve ser preocupação de todos. Nas conclusões e considerações finais, recomendou-se o envolvimento de todas as camadas sociais na luta contra a violência, inclusive que as políticas públicas, com relação a esse tema, sejam levadas a sério e vividas com precisão dentro da escola e em toda a comunidade.

PALAVRAS-CHAVE: Violência. Escola. Bullying.

SCHOOL VIOLENCE: a study of the conceptions about the practice of bullying in a municipal school in Ouricuri – PE

ABSTRACT

Violence is an element that is present throughout society, involving all social layers, it has caused a great deal of wear to communities, especially the school community, where students and teachers have been victims of atrocities that in turn happen within the school. Therefore, it is with this focus that this research investigated the issue of violence and aggression within a public school in the municipality of Ouricuri-PE. This research aimed to analyze how and why cases of violence occur, especially bullying within the school sphere, as well as to evaluate the behavior of students who are bullied and those who practice this act. It also aimed to know the families and infrastructure of the students involved in cases of violence within the school, identifying the learning difficulties experienced by students who are victims of violence in the school environment, verifying how the laws that protect students in relation to the bullyng It was based on the theoretical contribution on the concepts of the different forms of violence. In the methodology, we used, as instruments of data collection, interviews and documentary analysis. The descriptive method was classified as part of the interpretative comprehensive paradigm, with a qualitative epistemological focus. The tools for data collection were applied to teachers and students. The results obtained showed that violence is inserted within the school and that, combating it, should be everyone’s concern. In the conclusions and final considerations, it was recommended the involvement of all social layers in the fight against violence, including that public policies, in relation to this theme, are taken seriously and lived accurately within the school and throughout the community.

KEYWORDS: Violence. School. Bullying.

VIOLENCIA ESCOLAR: un estudio de las concepciones sobre la práctica del bullying en un colegio municipal de Ouricuri – PE

RESUMEN

La violencia es un elemento que está presente en toda la sociedad, involucrando a todas las capas sociales, ha causado un gran desgaste a las comunidades, especialmente a la comunidad escolar, donde los estudiantes y maestros han sido víctimas de atrocidades que a su vez ocurren dentro de la escuela. Por lo tanto, es con este enfoque que essa investigación investigó el tema de la violencia y la agresión dentro de una escuela pública en el municipio de Ouricuri-PE. Esta investigación tuvo como objetivo analizar cómo y por qué ocurren los casos de violencia, especialmente el acoso escolar dentro del ámbito escolar, así como evaluar el comportamiento de los estudiantes que son acosados y aquellos que practican este acto. También tuvo como objetivo conocer a las familias e infraestructura de los estudiantes involucrados en casos de violencia dentro de la escuela, identificando las dificultades de aprendizaje experimentadas por los estudiantes que son víctimas de violencia en el entorno escolar, verificando cómo las leyes que protegen a los estudiantes en relación con el bullyng. Se basó en la aportación teórica sobre los conceptos de las diferentes formas de violencia. En la metodología se utilizaron, como instrumentos de recolección de datos, entrevistas y análisis documental. El método descriptivo se clasificó como parte del paradigma interpretativo integral, con un enfoque epistemológico cualitativo. Las herramientas para la recolección de datos se aplicaron a docentes y estudiantes. Los resultados obtenidos mostraron que la violencia se inserta dentro de la escuela y que, combatirla, debe ser una preocupación de todos. En las conclusiones y consideraciones finales, se recomendó la participación de todas las capas sociales en la lucha contra la violencia, incluyendo que las políticas públicas, en relación con este tema, se tomen en serio y se convivan con precisión dentro de la escuela y en toda la comunidad.

PALABRAS CLAVE: Violencia. Escuela. Bullying.

A DOR DO SILÊNCIO: O ABUSO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES COMO FORMA DE VIOLÊNCIA – REFLEXÕES E FORMAS DE ENFRENTAMENTO

Margareth Lara Veiga[1]

Resumo

Este trabalho tem como objetivo realizar algumas reflexões acerca do fenômeno da violência sob a forma de abuso sexual contra crianças e adolescentes. Para a realização da pesquisa, optou-se pelo caminho metodológico a partir dos estudos de Appolinário (2006), trabalhando-se sob a dimensão da pesquisa qualitativa, a perspectiva bibliográfica e descritiva, com vistas a descrever e interpretar a realidade, sem nela interferir. A pesquisa balizou o seu marco teórico, especialmente, nos estudos dos autores: Lima e Barbosa (2011), Minayo (2006), Azevedo e Guerra (1988), Oliveira e Cruz (2015), Rocha (2006), Florentino (2015) e outros. O estudo organizou-se em três tópicos que abordam, respectivamente: a violência sob a forma de abuso sexual contra crianças e adolescentes, no decorrer de alguns tempos históricos da humanidade; algumas consequências físicas e psicológicas oriundas da violência provocada pelo abuso sexual; o enfrentamento a esse tipo de violência, por meio da sociedade e das esferas governamentais, pela elaboração de institutos normativos, como a legislação que se volta para a garantia dos direitos das crianças e adolescentes. Pelo estudo realizado, compreendeu-se, um pouco mais, a importância e a necessidade de a sociedade, como um todo, voltar, permanentemente, seus olhares para essa questão, como uma das formas de se assegurar a cidadania do público infantil e juvenil.

Palavras-chave

Violência. Violência Sexual. Abuso sexual. Criança e adolescente

Abstract

This work aims to reflect on the phenomenon of violence in the form of sexual abuse against children and adolescents. In order to carry out the research, the methodological approach was chosen based on the studies of Appolinário (2006), working under the dimension of qualitative research, bibliographical and descriptive perspective, with a view to describe and interpret reality without it interfere. The research focused on its theoretical framework, especially in the studies of the authors: Lima and Barbosa (2011), Minayo (2006), Azevedo and Guerra (1988), Oliveira and Cruz (2015), Rocha (2006), Florentino and others. The study was organized into three topics that deal, respectively: violence in the form of sexual abuse against children and adolescents, during some historical times of humanity; some physical and psychological consequences of violence caused by sexual abuse; the confrontation with this type of violence, through society and the governmental spheres, through the development of normative institutes, such as legislation that assists in guaranteeing the rights of children and adolescents. Through the study, it was understood, a little more, the importance and the necessity of society, as a whole, to return, permanently, their looks to this question, as one of the ways of ensuring the citizenship of the children and youth public.

Keywords

Violence. Sexual Violence. Sexual abuse. Child and teenager

Texto completo


[1] Mestre em Educação Holística. FACISC. Trindade-GO.